sábado, 6 de dezembro de 2008

Isto

não anda a correr muito bem. Eu funciono muito à base de exercício e ultimamente descobri as maravilhas de andar a pé. É ele que me motiva e me ajuda a controlar o apetite, os humores e me recorda sempre dos meus ojectivos. Mas com frio, chuva, mais frio e mais chuva, tenho é andado de popó. E isso também está a reflectir-se na alimentação.

Hoje entrei de férias. Um destes dias vou ao restaurante do museu do pão, a Seia. Nunca comi tão bem na minha vida como lá. Queijo da serra, bolo de requeijão, bola de carne, doce de abóbora com requeijão... hum hum. Esse dia está destinado para comer sem culpas. Apenas com muuuito prazer. Eheh

2 comentários:

Anónimo disse...

Realmente o tempo não ajuda nada. Eu quando ainda estava a trabalhar investi numa passadeira que agora me tem dado muito jeito.
Sabes, eu também não concordo muito com essas dietas só folhas de alface. Quem se sente bem assim, ok, mas eu não consigo. Fico fraca, irritadiça, fico completamente descontrolada. Eu acho que o melhor mesmo é comer de tudo tendo cuidado com as quantidades. Evito os fritos, porque têm muitas calorias e não fazem lá muito bem à saúde, mas se um dia me apetecer como e depois compenso. tenho o sábado para me esbaldar mais um bocado e comer coisinhas como croissant e bola de carnes. Durante a semana volto à dieta. Acho mais fácil e saudável do que estar a conter-me e depois atacar tudo o que me aparecer à frente. É claro que não sou de ferro e às vezes lá vai mais uma asneirita. É a vida.
Beijos e bom fim de semana.

Buxi disse...

Andar é melhor pra quem esta de dieta porque não requer muito esforço. Muito exercicio pode aumentar o apeite :)
Beijokas!!

http://aminhadieta.blogs.sapo.pt